Coordenador(a) da Unidade de Análise Setorial - Departamento de Supervisão Comportamental

Employer
Banco de Portugal
Location
Lisbon (PT)
Salary
to be defined
Posted
May 18, 2022
Closes
May 31, 2022
Job Function
Other
Industry Sector
Finance - General
Employment Type
Full Time
Education
Masters

Sobre a vaga

O Banco de Portugal admite coordenador(a) para a Unidade de Análise Setorial do Departamento de Supervisão Comportamental.

 

 

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

A Unidade de Análise Setorial integra-se na Área de Acompanhamento de Mercados e Formação Financeira do Departamento de Supervisão Comportamental e cabe-lhe:

  • Elaborar relatórios, estudos e análises económico-financeiras para o enquadramento da regulação e o acompanhamento dos mercados bancários de retalho;
  • Apurar indicadores relevantes para a supervisão comportamental (tais como taxas máximas no crédito aos consumidores, incumprimento de contratos de crédito e indicadores de reclamações);
  • Analisar informação reportada pelas entidades supervisionadas;
  • Participar na elaboração de relatórios sobre as atividades de supervisão comportamental;
  • Preparar questionários sobre temáticas da supervisão comportamental e desenvolver os estudos e relatórios subsequentes;
  • Desenvolver estudos que orientem a intervenção do Banco de Portugal na informação e na formação financeira;
  • Colaborar em iniciativas de formação financeira desenvolvidas pelo departamento;
  • Participar em atividades relacionadas com a representação em fóruns internacionais de supervisão comportamental.

 

 

PERFIL REQUERIDO

  • Licenciatura pré‐Bolonha, ou licenciatura pós‐Bolonha com mestrado concluído, em Economia, com classificação final igual ou superior a 14 valores;
  • Experiência profissional relevante mínima de três anos;
  • Conhecimento das caraterísticas dos produtos e serviços bancários de retalho e do enquadramento normativo aplicável à sua comercialização (condição preferencial);
  • Capacidade de preparação e análise de dados quantitativos;
  • Conhecimentos de informática na ótica do utilizador, valorizando-se a experiência em Excel avançado e em software utilizado na análise de microdados;
  • Capacidade de decisão e de liderança;
  • Autonomia, espírito de iniciativa e capacidade de planeamento e de organização do trabalho;
  • Facilidade de comunicação e de relacionamento interpessoal;
  • Sentido de responsabilidade, rigor e exigência;
  • Capacidade para estabelecer e manter relações de cooperação com outras unidades de estrutura e com entidades externas, nacionais e internacionais;
  • Domínio da língua inglesa (oral e escrito).

 

 

PROPORCIONAMOS

A possibilidade de trabalhar numa instituição de referência, que atua em contexto internacional e que privilegia a realização e o desenvolvimento dos seus colaboradores.

Condições remunerativas compatíveis com a experiência e a responsabilidade da função a desempenhar.

 

 

METODOLOGIA DE SELEÇÃO

O processo de seleção integrará várias etapas, designadamente análise curricular, avaliação comportamental e entrevistas com um painel de seleção.

O Banco de Portugal é um empregador que garante a igualdade de oportunidades a todos, respeitando a diversidade dos seus candidatos.

 

 

PADRÕES GERAIS DE CONDUTA

O percurso profissional anterior deve revelar uma conduta orientada por elevados padrões de ética profissional, equivalentes aos aplicáveis aos trabalhadores do Banco de Portugal.

Neste sentido:

  • deve revelar disponibilidade para o escrutínio necessário à verificação do cumprimento dos deveres gerais de conduta aplicáveis aos trabalhadores do Banco de Portugal;
  • deve manifestar um forte envolvimento na missão de interesse público que, por lei, é atribuída ao Banco de Portugal.

 

No momento da admissão, será solicitada a assinatura de uma declaração de tomada de conhecimento e de adesão ao Código de Conduta dos Trabalhadores do Banco de Portugal e ao Regulamento da Comissão de Ética e dos Deveres Gerais de Conduta dos Trabalhadores do Banco de Portugal, disponíveis para consulta na página do Banco de Portugal:

  • Regulamento da Comissão de Ética e dos Deveres Gerais de Conduta dos Trabalhadores do Banco de Portugal;
  • Código de Conduta dos Trabalhadores do Banco de Portugal;
  • Guia Rápido - Ética e Conduta no Banco de Portugal.

 

 

CANDIDATURA

Se reúne as condições requeridas, poderá apresentar a sua candidatura, até ao próximo dia 31/05/2022 (inclusive), através do preenchimento da ficha de candidatura eletrónica.

 

Em caso de dificuldade no preenchimento ou no envio da ficha de candidatura eletrónica, por favor contacte o Banco de Portugal pelo telefone +351 213 130 000 (disponível nos dias úteis entre as 8h30 e as 18h00).

Similar jobs

Similar jobs

  • You need to sign in to save