Técnico(a) para Direção de Negócio

Employer
IFD - Instituição Financeira de Desenvolvimento
Location
Porto (PT)
Salary
To be negotiate
Posted
Jul 19, 2019
Closes
Aug 02, 2019
Ref
DN03
Job Function
Economics
Employment Type
Full Time
Education
Masters

A IFD procura técnico(a) para a Direção de Negócio, no Porto.

O(A) candidato(a) à função terá como principais responsabilidades:

  • Reportar ao diretor da Direção de Negócio;
  • Apoio à conceção, promoção, distribuição e monitorização dos produtos / instrumentos financeiros da Instituição, com vista à satisfação das necessidades de empresas clientes;
  • Apoio à preparação de fichas de produtos e linhas gerais de protocolos e outros suportes contratuais que sustentem os instrumentos financeiros, em cooperação com os departamentos de suporte de assessoria jurídica e compliance;
  • A articulação com operadores de mercado, nomeadamente o Fundo de Contragarantia Mútuo, as Sociedades de Garantia Mútua, os Bancos, os fundos de capital de risco e os business angels, entre outras;
  • Enquadramento de operações, nomeadamente por aplicação da regulamentação de ajudas de estado, no âmbito dos instrumentos financeiros geridas pela Instituição.
  • Recolha e preparação de dados de indicadores relativos aos instrumentos financeiros sob gestão.

 

Principais características do perfil pretendido:

  • Formação académica superior nas áreas de economia, gestão, finanças ou similares;
  • Valorizada a experiência profissional relevante superior a 3 anos valorizada, em especial se relacionada com instrumentos financeiros orientados para pequenas e médias empresas;
  • Valorizada a experiência na criação e/ou gestão de produtos / instrumentos financeiros;
  • Experiência em funções de articulação com operadores de mercado, como o Fundo de Contragarantia Mútuo, as Sociedades de Garantia Mútua, os Bancos, os fundos de capital de risco e os business angels, entre outras;
  • Excelentes conhecimentos, ao nível oral e escrito, da língua inglesa;
  • Conhecimentos sólidos de informática na ótica do utilizador, nomeadamente folhas de cálculo;
  • Serão também valorizadas competências pessoais como a capacidade para trabalhar em equipa, o bom relacionamento interpessoal, a capacidade de organização, a motivação para participar num projeto em desenvolvimento, entre outras.